“Chocoterapia”. Já pensou que louco? Eu viveria internado! Eu e meu vício por chocolate!

Quando você é jovem, você é uma criança pé no saco, quer comer apenas o que gosta e nem faz ideia do que pode te fazer bem e o que não te trará benefício algum. Você enche tanto o saco dos seus pais que eles, já cansados, compram pra você aquele maldito chocolate que parece ter vindo das trevas pois nada poderia deixa-lo tão saboroso e ser algo “natural” ao mesmo tempo. Humanos não seriam capazes de produzir uma iguaria daquelas...

Enfim, anos passam, você começa a trabalhar e ganhar o seu próprio dinheiro, porém, aquele pequeno hábito de comer o chocolate de tempos em tempos continua e agora o acesso a ele está bem mais facilitado do que antes, na época que você tinha que pedir a seus pais, agora você determina quando e quanto irá comer.

A frequência da degustação aumenta e você não nota, que não é porque você quer, é porque você está sentindo falta e em um belo dia ensolarado você decide: “Vou reduzir as besteiras! ”.

Todos os tipos de doce você consegue reduzir consideravelmente, mas ele, ele está difícil e a cada dia sem fica mais e mais difícil. Você compra uma barra do seu chocolate favorito e promete: “comerei apenas dois pedaços! ”. E quem disse que você consegue?

Então você nota que realmente está viciado em chocolate. Mas isso não está cientificamente provado, então não deixa de ser uma hipótese e uma hipótese pode estar errada. O jeito é tirar a prova real!

O início da batalha começa e não é nada fácil. Seu primeiro objetivo é passar uma semana sem chocolate. “Oras, bolas! Uma semana não é nada! Passa num piscar de olhos! Eu trabalho o dia todo, nem vou notar isso passar! ”.

Outros quatro dias se passaram desde o início de sua batalha e você está ali, tentando comer qualquer coisa, mas não correr atrás do chocolate e o pior, os dias não parecem difíceis, mas as noites, parecem mais aterrorizantes com o passar da semana. É difícil conseguir não comer a noite.

De tudo um pouco! Você vai comendo, desde pão, a macarrão, carne, banana, maçã e então para, respira e sente que está estufado. Mas a vontade de comer não desapareceu. Você não consegue mais comer nada e quer continuar comendo. É meu amigo, isso é dependência causada pelo seu amigo de infância que junto com você cansava aos seus pais, o chocolate.

A sensação de você comer até quase explodir e não querer parar é horrível, está no meu “top 10” das piores coisas que já vivi e olha que já vivi muita coisa macabra. Mas o problema existe e precisa no mínimo ser contornado.

Até hoje eu não sei com exatidão como resolver o problema do vício do chocolate, pensar em tratar isso como um viciado em droga é deprimente e coloca minha mente em um universo de tristeza enorme e se estou triste quero comer chocolate, mas se eu parar pra pensar, quando estou feliz também quero comer chocolate! Até depois de gozar eu quero comer chocolate!

Foca no vício, Marcelo! Você precisa controlar suas vontades. Todas elas. Bem, já sei que comer outras coisas não funcionará, o jeito é distrair a mente e acho que por isso eu nasci gamer. Meus vídeo games foram meus salvadores em muitas situações, está sendo apenas mais uma, onde mesmo Depois dos 30, eles continuaram me salvando.

Substitua sua vontade de comer chocolate, por ações, leia um livro, jogue um vídeo game, saia com seus amigos. Diga para sua mente, que sua vontade de viver é maior do que o vício que ela possui, mas nunca se esqueça, você ainda possui um problema.

Dói dizer isso, mas é verdade, existem coisas na vida que são mais gostosas do que chocolate. 

Comentários
Para comentar é necessário estar logado.
Nenhum Comentário Encontrado
Vídeos Recentes
Últimos vídeos do canal
20:13
25/02/2019 00:16, Depois dos 30
"Eu sou muito grato a cada vida que eu vivi no instante que eu liguei meu video game e peguei meu controle na mão." Sim, sim, eu sei, título meio trágico, mas... deixa eu e te con...
08:46
18/02/2019 00:45, Depois dos 30
Já dizia meu pai! Adolescente é revolucionário! Na real eramos E ainda somos. Os sonhos depois dos 30 não morreram e tem uma forma de realizarmos eles.

Última Etapa!

Agora falta só mais uma etapa!
Acesse seu e-mail e confirme seu cadastro clicando no link encaminhado no mesmo e faça parte da nossa comunidade!